sábado, 17 de dezembro de 2016

QUEBRA DE SIGILO DO "DEM"

STF quebra de sigilo telefônico de Agripino Maia em investigação de esquema em estádio da Copa


Arena Castelão também é alvo do inquérito, entre outros estádios denunciados em delação da Andrade Gutierrez.

STF quebra de sigilo telefônico de Agripino Maia em investigação de esquema em estádio da Copa
O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a quebra do sigilo bancário do diretório nacional do DEM entre janeiro de 2012 e dezembro de 2014, além da quebra do sigilo telefônico do presidente do partido, José Agripino Maia (DEM-RN), e do expresidente da OAS, Léo Pinheiro.

As medidas foram decretadas no âmbito do inquérito que investiga esquema de propina na construção da Arena das Dunas, um dos estádios contruídos para sediar a Copa do Mundo 2014. Em delação premiada, a empreiteira Andrade Gutierrez denunciou a exisência de um cartel na construção, modernização e reforma de pelo menos cinco estádio do Mundial. A Arena Castelão está entre as obras sob investigação.

Defesa

Agripino Maio garantiu apoiar a investigação. "Nem o Democratas nem eu temos nada a esconder. A acusação que me fazem é um caso antigo, sobre o BNDES. Eu como opositor do PT, que força teria para conseguir liberação do BNDES, controlado pelo PT? Nunca tive acesso ao BNDES. Sobre as doações, não fui candidato no ano de 2014. (As doações) foram legais e registradas na Justiça Eleitoral."

Com informações da Flha de S.Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário