segunda-feira, 17 de agosto de 2015

PARABÉNS AOS ORGANIZADORES DA FESTA

O Prefeito Gonçalo Diogo foi vaiado nas festas de agosto em Nova Russas, juntamente com os seus secretários e alguns vereadores da base que estavam no palco, principalmente a Secretária de Educação, mas com certeza ele tentou fazer o melhor.

Agora vem a Secretária de Educação descontar a vaia que o Prefeito Levou, em pleno parque da cidades, nos diretores do clube.

Estive na festa, só vi coisas boas,  pois é assim que me comporto e vejo quando vou para um lugar que me sinto bem.

Parabéns ao pároco local e sua equipe pela belíssima festa de fé e devoção a Nossa Senhora das Graças, parabéns ao Prefeito pelo que organizou e parabéns aos Diretores do Clube e colaboradores, como a doutora Alice Iracema, Clara Chaves entre outras, por reunirem vários Novarrussenses em um lugar agradável como foi a festa do CLUBE.

Veja abaixo comentário da Secretária de Educação do Município criticando a atual administração do Clube. 
  • GRÉMIO RECREATIVO NOVARUSSENSE: DESRESPEITO TOTAL AOS NOVARUSSENSES E VISITANTES. . CERVEJA QUENTE, RETIRADA DA CAIXA. CLUBE DO WISQUE. SÓ BEBIA-SE BEBIDA QUENTE.
    E OLHE QUE NEM GELO TINHA. FORAM BUSCAR DEPOIS.
    PAPEL HIGIÊNICO, NEM PENSAR.
    O PANO DE CHÃO, IMUNDO.
    É SÓ UMA FESTA POR ANO.
    PÁRA A GENTE SENTIR VERGONHA.
    QUE TAL OS PRESIDENTES QUE SÃO TÃO "CHIQUES" APRENDEREM A FAZER FESTA? CADÊ SUAS ESPOSAS? NÃO OPINAM? CADÊ OS ORGANIZADORES?
    NÓS MERECEMOS RESPEITO.
  • Zanja Marques Damasceno Fora uma tal de cerveja SERRANA que NUNCA ouvi falar na vida. Gosto horrível.
    3 · 23 h · Editado
  • Rosilene Salgueiro Gostei mulher valente...
  • Ana Carlota Pedrosa Farias Todo mês tem evento no clube
  • Ana Carlota Pedrosa Farias Pra quem é sócio meio salário mínimo
  • Ana Carlota Pedrosa Farias A cerveja tinha gosto de rapadura.
  • Silvana Mendes O Clube está ACABADO por falta de Gerência. Gerência e tudo.
  • Ana Carlota Pedrosa Farias Preguiça de certos funcionários tb.
  • Luiza Veras Concordo com vc , tudo é verdade !
  • Ana Carlota Pedrosa Farias Qd tem reunião de diretoria só chamam meia dúzia
  • Marcello Martins Uma pena neh Tia Silvana acontecer isso, me recordo tantas vezes que esperávamos as festas do Clube e eram ótimas e inesquecíveis... Mas como cidadã está corretíssima em desabafar, chega de tanta falta de respeito...
  • Wilson Luís Silvana Mendes é extremamente deplorável ver alguém que se diz educadora utilizar-se de baixas palavras e de inverdades. Será mesmo que de forma cortesã seria servido uma cerveja direto da caixa? O que me entristece no seu "desabafo", e que tem todo o ...Ver mais
    7 · 23 h
  • Cibelle Tavares A verdade tem que ser realmente dita! E por que não por uma educadora? Será que nossa classe não pode fazer um desabafo construtivo em redes sociais? Concordo plenamente com a Silvana Mendes! Quem faz festas tem que pensar nas pessoas que irá receber e como bem se colocou a Ana, é um ano para acontecer um evento desses e é imperdoável que não seja impecável!
    9 · 21 h
  • Silvana Mendes Não utilizei nenhuma palavra "baixa", e quanto a desabafar, sou educadora, e sou cidadã. Muitas e muitas vezes, já se falou sobre a bebida servida quente, e nunca, presidente nenhum deu jeito. Sugestão? ligar os congeladores, pois mesa de 120,00 reais, é para se receber muito bem as pessoas.
    5 · 10 h
  • Grêça V. Carvalho Peres Silvana Mendes Infelizmente, Nova Russas é a terra que podemos chamar de já teve. É por esta é outras razões que me faz distanciar de minha terra natal. As pessoas , algumas, só pensam nelas. Gostei de seu desabafo. Abrs.
    3 · 7 h
  • Ana Carlota Pedrosa Farias Só se liga freezer qd tem... tenho conhecimento de que só tem um que só faz barulho e consome energia.
    2 · 7 h
  • Silvana Mendes Não é bem assim, Greça, Nova Russas tem crescido e se desenvolvido bastante. Ótimos comércios, lindas residências, cidade asfaltada é muito mais. Não se afaste de sua terra, é sempre uma alegria ao ver um munícipe voltar à nossa terra.
    3 · 5 h
  • Ana Carlota Pedrosa Farias Concordo com a Silvana e até perguntei a Menilde por você. Agora quando estamos errados devemos reconhecer e procurar consertar. Esse problema da cerveja quente do clube tem quase uma década. E raro se tomar cerveja gelada la.
    2 · 5 h
  • Alice Iracema Melo Aragão Querida Silvana,
    Senti-me tocada a comentar a sua consideração a respeito da Festa do Reencontro do Grêmio Recreativo Novarussense, porque, apesar das nossas inúmeras atribuições, como todos que compõe a diretoria, também dou minha colaboração para o
    funcionamento daquela casa.
    Trago à colação esta narrativa sobre o tema:
    “ Numa ocasião, uma ilustre conferencista foi convidada a fazer uma preleção sobre a crítica.
    Num auditório lotado, retirou os livros e a jarra dágua sobre a mesa, deixando somente uma toalha branca.
    Acendeu poderosa lâmpada, enfeitou a mesa com dezenas de pérolas, várias flores frescas e perfumadas.
    Depois apanhou uma sacola diversos enfeites de expressiva beleza, e enfileirou-os com graça.
    Depositou na mesa um exemplar do Novo Testamento em capa dourada.
    Depois, diante do assombro de todos, depositou em meio aos demais objetos uma lagartixa, num frasco de vidro.
    Só então se dirigiu ao público perguntando:
    O que os senhores estão vendo?
    Muitos gritaram:
    Um bicho! Um lagarto horrível! Um pequeno monstro!
    A expositora considerou:
    Assim é o espírito da crítica destrutiva, meus amigos!
    Os senhores não enxergaram o forro de seda alva, que recobre a mesa.
    Não viram as flores, nem sentiram o seu perfume.
    Não perceberam as pérolas, nem as outras preciosidades.
    Não atentaram para o Novo Testamento, nem para a luz faiscante que acendi no início.
    Mas não passou despercebida, aos olhos da maioria, a diminuta lagartixa....
    Sorridente concluiu:
    Nada mais tenho a dizer....”

    É uma pena que você não percebeu a beleza dos acordes da música de boa qualidade que nos foi exibida...
    A graça da cadência harmônica dos casais que bailaram nos salões do Grêmio....
    Não sentiu a alegria de reencontrar um amigo que não o via há tempos....
    Não captou a energia revigorante dos abraços fraternos dos conterrâneos....
    Não foi capaz de constatar o capricho da decoração ofertada aos visitantes....
    Não observou a diligente atividade dos diretores para sanar, com presteza, as falhas ocorridas durante o baile, que somente no ano de 2005 recebeu esta quantidade de visitantes...
    É uma pena!
    Entretanto, a caravana do GREMIO RECREATIVO DE NOVA RUSSAS segue há sessenta anos, sob as bençãos do céu que caem por intermédio da Eleita do Deus de Israel, a Rainha das Graças, que também abençoa este Rincão do Brasil, e todas, todas as ovelhas deste redil.
    4 · 4 h
  • Ana Carlota Pedrosa Farias Lindo seus texto CaL Alice, mas pra quem aprecia uma cerveja gelada e no calor que se apresentava naquele baile, infelizmente não justifica. Outra coisa: ouvi pessoas visitantes criticando a banda; que pra meus ouvidos até estava Boa....
    2 · 3 h
  • Ana Carlota Pedrosa Farias Mas vamos deixar pra la e esperamos que no próximo ano estejamos todos vivos, com saúde e que a festa do Reencontro não fique a desejar...
    2 · 3 h
  • Catarina Mendes Alice Iracema Melo Aragão. Vi a ornamentação. Estava muito bonita. Vi os abraços. O reencontro foi salvo. O repertório do conjunto, muito bom. Mas cantado aos gritos. Ninguém podia conversar. Como diz Ana Carlota Pedrosa Farias, o problema da bebida quente vem de longas datas.
    2 · 2 h
  • Silvana Mendes Tenho o maior respeito por você, querida Cema, achei lindo seu texto, vi tudo isso que você comentou, somente por isso, todo ano digo que nao vou à festa, e acabo me rendendo, porém, as falhas que citei são de sempre, são as de todo ano, podendo já terem sido sanadas há muito, permanecer no erro não se justifica. Sem falar no conjunto, que somos obrigados a ver o Fonseca Júnior todo ano. Já deu. Como diz o título de um livro, "Nada de novo no front".

Nenhum comentário:

Postar um comentário